Conecte-se com o Verde

  1. Comunidade do Paritdo Verde no Orkut
  2. Flickr do Partido Verde PR

No Dia do Idoso, Leandre destaca necessidade de uma Política Nacional do Cuidado

| 0 comments

No Dia do Idoso, Leandre destaca necessidade de uma Política Nacional do Cuidado

 Uma política de cuidados tem como destinatários não apenas as pessoas idosas, mas também crianças na primeira infância e pessoas com deficiência

O primeiro dia do mês de outubro é o Dia Mundial do Idoso, abrindo um período de reflexão sobre a longevidade em todo o mundo. No Brasil, a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR) chama a atenção para a necessidade de criar uma Política Nacional do Cuidado, pois ainda são muitas as pessoas que chegam a uma idade avançada sem condições de saúde e sem autonomia.

“É por isso que o nosso país precisa de uma Política Nacional de Cuidado, a exemplo de países europeus e, também, do Uruguai aqui na América Latina”, disse a deputada paranaense, que neste ano viajou para o país vizinho para conhecer a Política de Cuidado no Uruguai.

Leandre destaca que, nas últimas décadas, houve mudanças no perfil sociodemográfico Brasileiro e ampliação da participação feminina no mundo do trabalho. Assim, o modelo que cabia à família — geralmente às mulheres — a responsabilidade pelo cuidado de pessoas dependentes, é cada vez menos viável, cabendo uma divisão de responsabilidades pelos idosos entre família, estado e sociedade.

“Não são todas as famílias que tem a oportunidade de cuidar da pessoa idosa. E a responsabilidade com a pessoa idosa é tanto da família, quanto do Estado e da Sociedade. É isso que está previsto nos artigos 229 e 230 da Constituição Brasileira”, reforçou a deputada.

Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que, em 2050, haverá dois bilhões de pessoas com 60 anos ou mais no mundo. O Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos. No Paraná, segundo projeções do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados este ano, a população de pessoas idosas cresceu 44% nos últimos 10 anos e, este ano, representam quase 15% da população do Estado.

Amplitude da Política de Cuidados

 Uma política de cuidados tem como destinatários não apenas as pessoas idosas, mas também crianças na primeira infância e pessoas com deficiência, ou de uma forma mais abrangente, a pessoa de qualquer faixa etária que, em razão de sua condição de dependência, necessita de cuidados de longa duração. Trata-se de um conjunto de serviços prestações, estratégias e ações de cuidado que buscam desenvolver a autonomia pessoal, a independência e o bem-estar de quem necessita de apoios básicos para alimentar-se, vestir-se, cuidar da higiene pessoal, ou mesmo instrumentais, como fazer compras, preparar refeições, limpar a casa.

“É de extrema importância que o Parlamento Brasileiro traga para o debate público e discuta em profundidade a configuração de uma política de cuidados para pessoas em situação de dependência para o desempenho de atividades básicas da vida diária”, conclamou Leandre.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.


HostFirewall