Conecte-se com o Verde

  1. Comunidade do Paritdo Verde no Orkut
  2. Flickr do Partido Verde PR

Deputados querem Primeira Infância na grade curricular de cursos de saúde

| 0 comments

Deputados querem Primeira Infância na grade curricular de cursos de saúde

Os deputados Leandre (PV-PR) e Dr. Calil (DEM-GO) entregaram uma indicação ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta semana

A deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR) e o deputado Dr. Zacharias Calil (DEM-GO) apresentaram nesta semana uma indicação ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, para incluir nas Diretrizes Nacionais Curriculares dos cursos de graduação na área de saúde disciplinas sobre a Primeira Infância e Desenvolvimento Infantil. A reunião aconteceu na terça-feira (25), no MEC (Ministério da Educação).

O deputado Zacharias Calil é autor da Indicação ao Governo Federal e a deputada Leandre também assina a indicação como presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância da Câmara dos Deputados. Calil é médico, cirurgião pediátrico, reconhecido mundialmente por seu trabalho em cirurgias de separação de gêmeos siameses. Ele também é membro da Frente.

“A intenção é que os futuros graduandos da área desenvolvam competências e habilidades para aplicar no seu exercício profissional as evidências científicas que hoje existem sobre esse grupo, fortalecendo uma ação coletiva em prol do desenvolvimento integral de milhões de crianças no Brasil”, defendem os autores no texto da indicação.

Pacto Nacional

 Representando o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, Leandre Dal Ponte foi uma das signatárias do Pacto Nacional Pela Primeira Infância, firmado, nesta semana, por iniciativa do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).  Com o apoio de mais de 40 entidades dos três poderes e sociedade civil organizada, o objetivo é dar efetividade a direitos que, embora previstos no Marco Legal da Primeira Infância, não são assegurados aos brasileiros com menos de 6 anos de idade e por em prática o que já está previsto no Marco Legal da Primeira Infância, sancionado em 2016.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.


HostFirewall