Conecte-se com o Verde

  1. Comunidade do Paritdo Verde no Orkut
  2. Flickr do Partido Verde PR

Vereadora Maria Leticia promove palestra sobre mulheres na política, com dra Desiree Salgado

| 0 comentários

A convite da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), a professora e doutora em Direito, Eneida Desiree Salgado, palestrou no evento “Mulheres na Política”, organizado pela Fundação Verde Herbert Daniel, na tarde deste sábado (16).

Na ocasião, Maria Leticia, que é a primeira vereadora eleita pelo Partido Verde na Câmara Municipal de Curitiba, externou o desejo pela participação feminina na política. “O meu desejo é que as mulheres invadam o Partido Verde, vamos continuar essa caminhada com mais encontros no interior”, saudou a vereadora.

A professora iniciou a palestra esclarecendo às dezenas de mulheres que a atuação na política pode ser descomplicada. “Não é necessário ter vivido histórias comoventes para atuar na política, basta que a mulher apareça em igualdade”, disse.

Ela considerou ainda a “violência política” , a qual ocorre na pequena representatividade feminina nos diretórios partidários e continua na discriminação sofrida pelas mulheres quando se colocam na posição de pessoas públicas.

“Se a mulher está pedindo voto, as pessoas se sentem à vontade de pedir qualquer coisa em troca. Com homens essa abertura é menor, portanto, é hora de mudar a percepção”, destacou.

Ela também criticou a falta de cursos de formação política para mulheres com intuito de promover a paridade entre os gêneros.

“Homens dizem que não tem mulher que queira ou capaz, isso é mentira. A gente tem que se sentir à vontade para entrar na política”, disse a professora ao se referir a falta de espaço das mulheres nos partidos políticos.

A vereadora Maria Leticia questionou a professora em relação ao baixo envolvimento de mulheres jovens com a política. “A política está nas universidades, elas criticam mas nao vem para os movimentos, qual seria a causa ?”

A professora pontuou que o espaço que as mulheres têm nos movimentos sociais, não temnos partidos políticos. “Os partidos colocam obstáculos para participação, pois são machistas”, disse a professora. “Se os partidos se democratizarem, podem garantir paridade entre os gêneros”, complementou.

A deputada federal Leandre Dal Ponte também contou o início de sua trajetória política e incentivou as mulheres a participarem de qualquer tipo de liderança.

Também contribuiu no debate, o assessor de comunicação da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, Gerson Scheid,que apresentou o cenário político em relação às mulheres no Brasil.

 

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.